Após polêmica, ‘Quatro Vidas de um Cachorro’ estreia nos cinemas

André Carmona

27/01/2017 | 10h43

Após polêmica, ‘Quatro Vidas de um Cachorro’ estreia nos cinemas

'Quatro Vidas de um Cachorro', dirigido por Lasse Hallström, gerou polêmica antes mesmo de estrear. Na semana passada, um vídeo em que um pastor alemão é forçado a entrar em uma piscina durante as filmagens vazou e revoltou ativistas e a internet em geral. Com razão.

Os produtores alegam que as imagens foram editadas e que uma investigação está em curso. Apesar da controvérsia, a história do filme tem potencial para levar o espectador às lágrimas.

Essa não é a primeira vez que Hallström se dedica a uma trama com cães: já o havia feito em ‘Sempre ao Seu Lado’ (2009). Desta vez, baseando-se no best-seller homônimo de W. Bruce Cameron, o diretor narra o drama de um cachorro que precisa de quatro chances para descobrir a razão de sua existência.

Na primeira reencarnação, quando nasce como o golden retriever Bailey, conhece o garoto Ethan (interpretado por Bryce Gheisar, na infância, e por K.J. Apa, na adolescência), que logo se torna seu melhor amigo. Juntos, eles estabelecem um laço profundo de companheirismo.

Voltando à vida outras vezes, o animal, sem nunca deixar de se questionar sobre sua realidade, experimenta diversas aventuras, que se alternam entre episódios tristes e cômicos. Sempre à procura de seu velho parceiro. Paralelamente, Ethan (Dennis Quaid, na fase adulta), após vivenciar alguns traumas, se converte em um homem duro e sozinho. E também em busca de respostas. 

Foto: Joe Lederer/Divulgação

Foto: Joe Lederer/Divulgação